releases Toggle

CLIA ABREMAR BRASIL TERÁ ELEIÇÕES NO DIA 03 DE ABRIL

A CLIA ABREMAR BRASIL (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos) elegerá seu novo presidente no próximo dia 03 de abril. Executivo e professor com larga experiência no segmento, Ricardo Amaral, à frente da entidade desde 2009, seguirá no Conselho a partir de julho, quando finda o período de transição das gestões.

O próximo presidente, que ficará no cargo por dois anos, será escolhido entre a Costa Cruzeiros, MSC Cruzeiros e Pullmantur Cruzeiros. Essa será a primeira vez que a Abremar fará sua eleição regida por um sistema de rodízio entre as armadoras mantenedoras. De acordo com essa política, uma companhia não pode acumular dois mandatos seguidos e, por isso, a Royal Caribbean, onde Ricardo Amaral ocupa o cargo de Vice-presidente Regional para América Latina, somente poderá se candidatar novamente nas eleições de 2016.

“Foram tempos desafiadores – cinco anos difíceis para os líderes da indústria de Cruzeiros Marítimos, mas conseguimos vitórias importantes no ambiente de negócios do Brasil. Chegamos a quinto maior mercado de Cruzeiros no mundo e, infelizmente, caímos para a sétima colocação – o que é uma pena, pois divulgamos exaustivamente a situação e anunciamos ao governo quais projetos poderiam alavancar o setor e, consequentemente, o turismo no país. Mesmo assim, creio que os êxitos foram muitos”, relembra Ricardo, que deseja muitas conquistas a seu sucessor e à atividade de Cruzeiros.

BALANÇO

Nos últimos três anos, a Abremar desenvolveu e consolidou o conceito dos Cruzeiros Marítimos no curso da economia brasileira. Sua ação institucional abriu portas ao diálogo com autoridades governamentais e com todos os segmentos do mercado turístico. Na Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, Amaral expôs a realidade dos Cruzeiros Marítimos e posicionou de forma clara o papel dos Cruzeiros. Nesse período, a associação enfrentou grandes desafios e tratou de projetos importantes para a continuidade da presença dos navios e crescimento do mercado de Cruzeiros Marítimos no país, como a modernização dos terminais marítimos de passageiros e portos e a adequação do custo da operação e tributos.

Entre suas parcerias, estreitou laços institucionais com a CLIA (Cruise Lines International Association), o ECC (European Cruise Council) e a PSA (Passenger Shipping Association), autoridades mundiais do setor, para interlocução, junto ao Ministério da Justiça, Ministério das Relações Exteriores e Ministério do Trabalho e Emprego, para desenvolver projeto de simplificação do processo de vistos de tripulantes dos cruzeiros; esteve presente, juntamente com a Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV) e a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo, BRAZTOA, na discussão de questões tributárias inerentes ao turismo; participa de grupo de trabalho da SEP, Secretaria Especial dos Portos, para criação de espaço para debates dos problemas do setor, bem como desenvolvimento de projeto e ações comuns;

Ainda nesse ciclo, a Abremar inaugurou sede-própria e profissionalizou sua gestão com a contratação de vice-presidente executivo; deu continuidade ao Cruise Day, maior evento de Cruzeiros Marítimos no país, que a cada ano conta com maior número de participantes; assinou aliança histórica com o Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), pelo desenvolvimento da atividade turística nacional, com o objetivo de unir esforços e otimizar programas e recursos em conjunto; desenvolveu, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), um Estudo de Impacto Econômico do Setor de Cruzeiros Marítimos no Brasil, que mostrou a importância do setor para a economia nacional; e atuou lado a lado com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a CLIA e todas as empresas de cruzeiros internacionais, no desenvolvimento do Manual Sanitário para Cruzeiros Marítimos.

Em 2011, a realização do primeiro evento Seatrade na América do Sul, o Seatrade South America Cruise Convention, realizado em união com a Abremar, mostrou o quanto o Brasil é mundialmente importante para o segmento de Cruzeiros Marítimos. “As companhias internacionais do setor acreditam muito no potencial do nosso litoral para receber cada vez mais Cruzeiros. E a vinda de um evento com a grandiosidade do Seatrade enfatiza nossa importância”, comemora Amaral que, nos próximos dois anos, dará continuidade às ações e projetos para fomentar a modernização dos terminais marítimos de passageiros e portos, e lutará pela adequação do custo da operação no Brasil. “Só assim, teremos condições de competir de maneira igual com mercados internacionais”, finaliza. 

 

VICE-PRESIDÊNCIA EXECUTIVA

Objetivando retomar a carreira na iniciativa privada, André Pousada, Vice-Presidente Executivo da Abremar, deixará o cargo que ocupa há quase três anos. Ele será substituído por Aurélio Maduro.

Formado em Ciências Políticas, Maduro iniciou sua carreira em 1997 e, após ter passado pelo Senado Federal e pela IBM, ocupou cargos executivos em diversas companhias, como Grupo Votorantim e Telefônica. Recentemente, atuava no Projeto Olímpico Rio 2016 da Panasonic, e agora trará sua experiência para contribuir com o setor turístico e de Cruzeiros Marítimos. “Estou muito feliz com minha chegada à Abremar e pelos grandes desafios que teremos pela frente”, afirma.

Comments are closed.