na midia Toggle

O GLOBO – CADERNO BOA VIAGEM (03/SET/2013)

O Estado de S

 

Menos navios e destinos no Brasil

Desde 2010, total de embarcações caiu de 20 para 11. Portos visitados foram de 21 para 15 MSC Preziosa tem piscina de borda infinita e restaurantes Eataly e de cozinha molecular

NATHALIA MOLINA , ESPECIAL PARA O ESTADO – O Estado de S.Paulo

A temporada de cruzeiros no Brasil vem encolhendo e pode ficar ainda menor. “A tendência é de intensificar a queda. Desde 2009, quando assumi a presidência da Abremar, eu venho sinalizando isso”, afirma Ricardo Amaral, presidente da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Abremar).

“Me parece que hoje o governo entende a situação. Mas o timing com que o consumidor e as empresas se movem é mais acelerado do que o resultado das questões. Então, a empresa acaba repensando o número de navios pelo custo de operação.” As companhias reclamam das taxas cobradas no Brasil e da falta de infraestrutura nos portos.

O total de navios encolhe desde 2010/2011, quando 20 transatlânticos estiveram aqui. Nos verões seguintes, a soma caiu para 17 (em 2011/2012) e 15 (em 2012/2013). Até quinta-feira, o total de embarcações na próxima temporada era de 12. Mas nesse dia o Grupo Costa, que reúne Costa e Ibero, anunciou que o Grand Mistral, da Ibero, não viria mais ao Brasil. O navio passa para a frota da Costa Cruzeiros e fica na Europa – o grupo divulga detalhes em breve.

Embarcações. Na temporada, que vai de novembro a abril, a MSC Cruzeiros é a única companhia com navios novos. O destaque é o MSC Preziosa, maior embarcação da temporada. Outra novidade é o MSC Poesia. Completam a lista o MSC Magnifica e o MSC Orchestra. Royal Caribbean e Pullmantur repetem os navios do verão passado. A primeira aposta no Splendour, e a outra, no Empress, no Sovereign e  no Zenith.

Os quatro transatlânticos a menos são do Grupo Costa. A Costa Cruzeiros cortou de quatro para dois – Costa Fascinosa e Costa Favolosa. A Ibero deslocou uma embarcação para o Mediterrâneo e perdeu outra para a Costa, mantendo só o Grand Celebration na temporada.

Cidades. Os destinos visitados pelos navios também diminuíram: de 21 no verão 2010/2011 para 15 no próximo. As viagens têm de 3 a 9 noites, e há 27 minicruzeiros a menos nesta temporada. Já os roteiros para Buenos Aires repetem o crescimento do ano passado, perto de 27%. Dois navios fazem embarque só na capital argentina, o MSC Poesia e o Grand Celebration.

Comments are closed.